terça-feira, 19 de junho de 2007

Princesinha!


Um anjo miúdo
Uma menininha
Formosa como a lua
Bela como a vida
Iluminada como o sol.
Minha filha
Liberdade nos olhos
Como uma gaivota
Querendo voar

O princípio de tudo
No palco da vida
Sonho dourado
Da menina a bailar

Um sorriso inocente
Tanta ternura no olhar
Deixe que te beije a face
Um beijo e mais nada
Palavras não há
Amar, pra sempre te amar!

Para Dani, minha filha - Janeiro, 1983
Crys

16 comentários:

dácio jaegger disse...

Não é uma canção para ninar.
Não é uma poesia qualquer.
É um poema que exalta um ser.
Produto legítimo da forma de amar.
Intimidade do melhor bem querer.
Crys, a mãe excelsa./Beijos

clarice ge disse...

Linda esta filha para tanta inspiração.
Crys, que bela poesia.
beijo meu

Dora disse...

Uma declaração de amor? Não uma confirmação de amor, diante dessa "prenda" que vc recebeu e que em tão formosa pessoa vc ajudou a desabrochar!
Invejo-a, Crys. Mas, como sempre, não preciso explicar que inveja é essa...
Beijos para ambas.
Dora

Manoela disse...

Menina, que legal esse novo espaço! Pois eu estou com 4 blogs!!! Uma loucura, mas está rendendo. Bom ver você de novo, estava com saudades. Passearei aqui mais vezes, um beijo grande

Bosco Sobreira disse...

Uma bela declaração de amor, ou como prefere nossa querida amiga Dora, uma inspirada confirmação de amor. E, o que mais emociona, é esse cuidado com a palavra, com o fazer poético.
Parabéns.
Um beijo afetuoso.

Loba disse...

É, o Dacio tem razão. Não é um poema qualquer!
Bom a gente se rever nas palavras, né? E qdo se trata de filhos, é melhor ainda!
Beijão querida

Alê Barros disse...

Ah, então é aqui o esconderijo das poesias é?
Adorei conhecer esse outro cantinho, que por sinal está super bem feito...
Juntou a fome e a vontade de comer né? Dupla perfeita.
Beijos e lindo dia.

QuincasB disse...

poetas têm caso de amor com a linguagem, mães com as crias - o q faz de toda mãe alguém melhor q qualquer poeta

Tânia disse...

Este amor traduzido em linda poesia vem do útero, do coração e da alma...
Perfeita demonstração de amor...e cá entre nós por uma filha muito especial...
Beijo e excelente fim de semana aos Dois Criadores do Ars Poiesis

Inês Rosa disse...

Adorei o blog, adorei a poesia! Parabéns!! Vocês são muito talentosos! Beijos!***()()()()

Shi disse...

Como que tem gente nesse mundo que não ama um filho, né? Putz! Bjos, queridos.

Lela disse...

Presente... uma para a outra. Amiga, beijo grandemais!

Ceci disse...

Um belo presente do Criador da Vida, presente do Amor! Poesia de Amor e Vida! Belo poema, canto ao Amor, para sempre! Beijos, menina!

benechaves disse...

Olá Crys: uma bela homenagem para sua filhinha querida. Uma homenagem com palavras que dizem do nosso amor pelos filhos. Uma canção de lirismo com seu canto de encanto.

Um beijo poético...

Anônimo disse...

belo poema!
lindo, lindo.

te beijo

Taís

kima barros disse...

adorei...vc esta de parabens...de tao bom gosto,que copiei para minha filha tbm...valeu...abraço